logotipo Melhor do Vôlei
Especiais

Autor Redação Data 19/07/2017 10:34

Brasil não conseguiu manter o bom desempenho das três partidas anteriores e acabou sofrendo o primeiro revés

Brasil segue com chances de classificação para a semifinal (Getty Image/FIVB)

 

A segunda fase do campeonato mundial Sub-20 feminino, que acontece no México, começou nesta segunda-feira (18.07). As oito melhores equipes da competição entraram em quadra de olho nas semifinais. No entanto, a seleção brasileira da categoria não conseguiu manter o bom desempenho das três partidas anteriores e acabou sofrendo o primeiro revés. No encerramento da rodada do grupo E, o Brasil foi superado pela Polônia por 3 sets a 0 (14/25, 18/25 e 23/25), em 1h22 de jogo na Arena Córdoba.

 

O bloqueio polonês foi a principal arma das adversárias que conseguiram 14 pontos neste fundamento contra nove das brasileiras. A virada de bola da Polônia também se mostrou bastante eficiente, com 40 pontos, enquanto o time do Brasil fez 25. Os destaques do jogo foram a ponteira Zuzanna Gorecka e a oposta Martyna Lukasik, ambas da Polônia, que marcaram 15 pontos cada. Pelo Brasil a oposta Tainara marcou 12.

 

Contra a Polônia o time brasileiro entrou em quadra com a oposta Tainara, a levantadora e capitã Jackeline Moreno, as centrais Diana Alecrim e Karyna Malachias, as ponteiras Glayce Kelly e Karina Barbosa, além da líbero Nyeme. Entraram no jogo as ponteiras Julia Bergmann e Júlia Moura, a levantadora Amanda Sehn e a oposta Lorrayna.

 

Apesar do revés, a equipe brasileira, que é comandada por Hairton Cabral, ainda segue com chances de avançar para semifinal. O próximo confronto das brasileiras será contra a seleção da Turquia, nesta terça-feira (19.07), às 22h (horário de Brasília). As turcas também foram superadas na última rodada, 3x1 para a Rússia.

 

A seleção feminina Sub-20 do Brasil tem um bom retrospecto em campeonatos mundiais nesta categoria. A equipe verde e amarela está desde 1999 sem sair do pódio. Na última edição, em 2015, em Porto Rico, o time brasileiro ficou com a prata, e já acumula 13 medalhas ao longo da história da competição (seis ouros, cinco pratas e dois bronzes). A última vez que as meninas do Brasil subiram ao lugar mais alto do pódio foi na Tailândia em 2007.

 

Já conferiu as promoções de camisas de vôlei na FutFanatics? Corre lá

Confira outras notícias

Apoio

Parceiro