logotipo Melhor do Vôlei
Especiais

Autor Redação Data 28/04/2018 18:46

Em São Paulo, Sada Cruzeiro vence Sesi no tie-break e abre com vantagem as finais da Superliga


Foto: Renato Araújo/Sada Cruzeiro

O Sada Cruzeiro começou muito bem nas finais da Superliga e vai levar para Minas Gerais um importante resultado. Na tarde deste sábado, 28/04, no ginásio do Ibirapuera, o elenco cruzeirense venceu o Sesi-SP em um jogo disputadíssimo por 3 sets a 2, com parciais de 25/23, 27/25, 26/24, 26/22 e 15/12. Com esse placar, a equipe estrelada vai com vantagem para a segunda partida da decisão, que acontece no próximo domingo, 6, às 9h, no Mineirinho, em Belo Horizonte.

 

O duelo em São Paulo foi marcado pelo alto nível de voleibol disputado. Mesmo com o alto número de erros de saque, o elenco cruzeirense soube administrar o confronto e impor o seu ritmo quando necessário. Um excelente trabalho do sistema defensivo azul contribuiu para o volume de jogo que o Sada Cruzeiro mostrou fora de casa para sair na frente na briga pelo título.

 

Além de artilheiro, com sete pontos marcados no jogo, o levantador Nico Uriarte mostrou sabedoria nas escolhas e distribuiu muito bem o ataque cruzeirense. O bom desempenho foi reconhecido pela torcida, que votou pela internet e o escolheu como o melhor em quadra. “Nós sabíamos que seria muito difícil jogar essa final, mas temos uma equipe acostumada a viver momentos complicados e que sabe como agir em decisões. Estou muito feliz pelo nosso primeiro passo e agora é focar no segundo. Vamos descansar e começar a pensar na partida de domingo, que será a mais importante do ano”, comentou o levantador argentino, que disputa sua primeira final de Superliga.

 

“Saímos muito felizes com essa vitória daqui. Sabíamos que ia ser um jogo difícil, pois são duas grandes equipes disputando uma final. É um importante resultado e temos que seguir com o mesmo foco e com a mesma determinação para o jogo lá no Mineirinho. Vamos jogar em casa, diante do nosso torcedor, o que é uma força a mais. Vamos fazer os pequenos ajustes necessários e vamos com tudo para brigar pelo título”, avaliou o técnico Marcelo Mendez.

 

Mesmo longe de casa o Sada Cruzeiro contou com apoio nas arquibancadas do Ibirapuera. Além de um grande número de cruzeirenses que residem em São Paulo, cerca de 300 torcedores foram em caravana da região metropolitana de Belo Horizonte para apoiar o time azul na primeira final.

 

Sada Cruzeiro – Nico Uriarte, Evandro, Filipe, Leal, Simon, Isac e o líbero Serginho. Entraram Rodriguinho, Fernando Cachopa, Alemão e Éder Levi. Técnico: Marcelo Mendez.

 

Sesi-SP - William, Alan, Lipe, Douglas Souza, Lucão, Gustavão e o líbero Murilo. Entraram Piá, Franco, Evandro e Aracaju. Técnico: Rubinho.

 

Ingressos para a final no Mineirinho

Os ingressos para a segunda final, no Mineirinho, já estão disponíveis pelo site centraldoseventos.com.br e nos vários postos físicos listados abaixo. São três setores no ginásio, com valores diferentes: Arquibancada a R$50, Cadeira a R$80, e Área VIP ao custo de R$200, com espaço reservado ao lado da quadra, estacionamento e buffet incluído.

 

Para os setores Arquibancada e Cadeira, estão disponíveis os ingressos de meia-entrada e também outras categorias de desconto no valor do bilhete, e nenhuma é cumulativa. Sócio Torcedor do Cruzeiro Esporte Clube tem 20% de desconto no valor da inteira, assim como os clientes da Sky. E os clientes do Banco do Brasil têm 25% de desconto, no caso de portadores do cartão Ourocard e 50% no caso de Ourocard ELO (critérios abaixo, conforme regras contratuais com a CBV). Cada torcedor pode adquirir no máximo quatro ingressos.

 

Gratuidade

Conforme Lei Municipal nº 10.942, menores de 12 anos acompanhados do pai ou responsável legal têm acesso gratuito a eventos esportivos em estádios e ginásios de Belo Horizonte. De acordo com a regra, será disponibilizado 1% da carga para esse público, totalizando 148 ingressos. Esses bilhetes, limitados à quantidade informada, estarão disponíveis para aquisição nos postos físicos da Central dos Evantos. O pai ou responsável legal que já adquiriu seu próprio ingresso deverá apresentar documento de identidade ou certidão de nascimento comprovando a menoridade do beneficiário e solicitar o bilhete.

Confira outras notícias

Apoio

Parceiro