logotipo Melhor do Vôlei
Nacional

Autor Júnior Barbosa Data 04/01/2022 14:19

Energis 8 São Caetano acelera trabalhos para a Superliga B

Capa da notícia - Energis 8 São Caetano acelera trabalhos para a Superliga B
Foto: Osvaldo F./Contrapé
A Energis 8 São Caetano começa a disputa da Superliga B Feminina de Vôlei no dia 21 de janeiro. O primeiro jogo da competição será em casa, no ginásio Milton Feijão do Complexo Esportivo Lauro Gomes, a partir das 19:30 contra o Sesi-SP com torcida. O campeonato segue até março e vale vaga para a Superliga. São Caetano, que até a última temporada disputou todas as edições da Superliga, desde a primeira, tem o objetivo de voltar a elite do vôlei brasileiro em 2022.
 
São dez os times na Superliga B: Abel Moda Brusque (SC), AGEE Atacadão São Carlos (SP), Bradesco Esportes (SP), Bluevolei/FURB/SME (SC), Energis 8 São Caetano (SP), FEAC/RB Sports Franca (SP), Minas Náutico, Sada/Tambasa/Argos (MG), Sesc-Flamengo (RJ) e Sesi-SP. 
 
"Nosso objetivo é fazer a final da Superliga B e conseguir a vaga na Superliga. Sabemos que será um campeonato equilibrado. São dez equipes - no ano passado foram oito -, todas se reforçaram e a nossa também. Vamos conhecer melhor os times com o passar do campeonato, disputado em um turno único, mas que não vai ser de tiro curto, como no ano passado. É interessante, porque dá a possibilidade de evoluir na competição, para disputar a semifinal e lutar por vaga na final", disse o treinador Fernando Gomes, do Energis 8 São Caetano. 
 
O time comandado por Fernando Gomes iniciou preparação em junho e no Paulista jogou com a levantadora Mikaella, a oposta Rafaela, Duda Lima e Mari Blum pelas pontas, as centrais Giulia e Raquel e a Líbero Laís. Todas permaneceram no grupo para a Superliga B. A ponta Aline Mossmann e a oposta Ariadne Santos, vindas de Chapecó, Santa Catarina, chegaram em dezembro. A atacante Lenara, vinda do Taubaté, e a levantadora Duda Rudgeri, de Santos, são recém-chegadas. Do sub-21 vão integrar o adulto a ponta Letícia Cruz, a meio Aieska e a levantadora Laryssa. A caçula é a ponta Eduarda do Amaral, Duda, do sub-19.
 
"Foi um ano importante porque começamos com o patrocínio da Energis 8 e a Apetece, que está ajudando muito. No Paulista pudemos observar as atletas e ver o que precisava como incremento para a Superliga B e um ano de preparação maior. A gente se preparou mais para o principal campeonato de 2022", disse o treinador Fernando Gomes. O time começou a treinar em junho, diferentemente da temporada anterior em que só se reuniu em setembro por causa da pandemia da COVID-19.
 
"Nossa expectativa é uma das melhores. Sei que tem equipes fortes, que várias boas equipes foram montadas, mas nós estamos trabalhando para voltar para a elite, para a Superliga A, onde São Caetano sempre esteve. Trabalhamos todos os dias com esse objetivo", disse a levantadora Mikaella.
 
"O time está com uma expectativa muito alta, estamos trabalhando há seis meses com o objetivo de estar no topo e voltar para a Superliga A. Desde o início, desde a nossa primeira reunião, a expectativa foi essa", disse Rafaela.
 
Os jogos da Energis 8 São Caetano
 
21/1,19:30 - Energis 8 São Caetano x Sesi-SP, Lauro Gomes
28/1,19:30 - Energis 8 São Caetano x Bradesco Esportes, Lauro Gomes
4/2,19:30 - AGEE Atacadão São Carlos x Energis 8 São Caetano, Santa Felícia
8/2,19:30 - Energis 8 São Caetano x Minas Náutico, Lauro Gomes
11/2,19:00 - Sada/Tambasa/Argos x Energis 8 São Caetano, Riacho
18/2,19:30 - Energis 8 São Caetano x SESC Flamengo, Lauro Gomes
4/3,19:30 - Abel/Moda/Brusque x Energis 8 São Caetano, Arena Brusque
11/3,19:30 - Energis 8 São Caetano x Bluevolei/FURB/SME, Lauro Gomes
18/3,19:00 - FEAC/RB Sports Franca x Energis 8 São Caetano, Champagnat

Confira outras notícias

Apoio

Parceiro