logotipo Melhor do Vôlei
Especiais

Autor Júnior Barbosa Data 20/05/2021 14:52

Fiat/Minas confirma pacote de reforços

Maurício, Everaldo, Visstto, Leozinho e Matheus. (
Foto: Divulgação)


Com o objetivo de seguir entre os melhores times do Brasil, o Fiat/Minas, vice-campeão da Superliga 2020/21, anuncia a contratação do oposto Leandro Vissotto, do central Maurício Souza, do levantador Everaldo e dos ponteiros Leozinho e Matheus Silva. Os jogadores chegam para reforçar o time minastenista e se juntam ao levantador William, ao ponteiro Honorato, ao central Matheus Pinta e ao líbero Maique, que foram alguns dos pilares do time na última Superliga e seguirão vestindo as cores minastenistas. O técnico Nery Tambeiro permanece no comando do time pela oitava temporada consecutiva e poderá contar também com jovens talentos das categorias de base.

De volta ao Minas
Vissotto, Everaldo e Maurício já representaram o Clube em temporadas passadas e estão de volta ao time. Medalha de prata com a seleção brasileira nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, Leandro Vissotto relembrou momentos marcantes da carreira com a blusa do Minas e comemorou o seu retorno. “Estou bem feliz de voltar. Joguei pelo Clube na Superliga 2005/06 e fizemos a final contra a Cimed, no Mineirinho, com mais de 20 mil pessoas. É uma lembrança bem marcante, acabamos perdendo, mas sempre vem um sentimento forte quando lembro do Minas. Estava no começo da minha carreira, tinha 22 anos, voltando de uma lesão séria, quase parei de jogar, e o Minas me deu a oportunidade de voltar. Fiquei meses tratando, voltei aos poucos, fui me firmando e pude ajudar no vice-campeonato. Fui para a seleção logo em seguida, fizemos uma viagem para a Europa e um olheiro da Itália me chamou, tudo isso depois de uma temporada marcante no Clube. Foi também o ano em que conheci minha esposa. Então, posso dizer que o Minas mudou a minha vida em todos os sentidos, não só no profissional, mas também no pessoal. Minhas duas filhas são mineiras, de Belo Horizonte, estou bem feliz de voltar depois de tanto tempo”, afirmou.

O oposto, de 38 anos, também falou sobre ser um dos experientes do grupo, que conta com muitos jovens da base. “É um momento especial da minha carreira, quero poder ajudar com toda experiência que conquistei ao longo desses anos, quero ajudar o Minas e essa garotada que está no Clube, que é sempre um prazer. A gente se sente novo também trabalhando com tantos garotos. Quero passar para eles o melhor sobre experiência, sobre a parte técnica e também sobre a questão mental”, comentou Leandro Vissotto.

Por fim, Vissotto disse estar feliz também em poder trabalhar novamente com o técnico Nery Tambeiro, que foi um dos seus treinadores ainda no início da carreira. “Trabalhei com Nery quando eu era bem garoto, o primeiro contato foi na seleção infantojuvenil carioca. Depois, trabalhamos juntos no juvenil, na Unisul, ele era auxiliar do Alemão, e foi o responsável por me levar para o time, que foi o meu primeiro time profissional. Nery foi responsável por me tornar profissional. Nesse mesmo ano em que fui para o juvenil, comecei a treinar com o adulto e no final da temporada tive a oportunidade de jogar. Eu tinha 17 anos, foi tudo muito rápido, e o Nery também marcou muito nesse começo, me ajudou muito. Voltar a trabalhar com ele vai ser muito bom, não só pela qualidade e competência, mas também pelo aprendizado. A cada ano o Nery está sempre formando excelentes jogadores. Tenho muito que aprender, não só na parte do treinamento, mas como constrói essa sequência vitoriosa de atletas que chegam na base do Minas e despontam no adulto”.

O central Maurício Souza, que foi campeão da última Superliga pelo EMS Taubaté Funvic e eleito um dos melhores centrais do torneio, também retorna ao Clube, após a passagem na temporada 2012/13. Maurício também tem no currículo a medalha de ouro dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Já o experiente levantador Everaldo, de 36 anos, defendeu as cores do Clube nas temporadas 2014/15 e 2015/16, e se destacou nas equipes em que jogou, conquistando títulos estaduais e nacionais.

Os estreantes
O Fiat/Minas também vai se reforçar na ponta. Chegam para estrear com a camisa do time minastenista os ponteiros Leozinho, de 1,99m e 26 anos, que estava na Turquia e já foi campeão da Superliga, do Sul-americano e do Mundial de Clubes, e Matheus Silva, de 1,95m e 24 anos, que foi um dos destaques do Azulim/Gabarito/Uberlândia na última Superliga.

Confiante em uma boa temporada, Leozinho comentou sobre o grupo e seus objetivos. “Primeiro de tudo, estou extremamente feliz em fazer parte da equipe do Minas. Era um desejo pessoal, uma vontade minha de ter a oportunidade de jogar um dia na equipe principal do Clube. Estou com as melhores expectativas, o elenco formado está muito forte, é para brigar por títulos. Vamos trabalhar duro para alcançar isso. Tenho certeza que vamos fazer um bom trabalho. Outro motivo que me fez vir para o time foi porque aqui vou ter uma evolução técnica muito grande, os treinamentos são bons e o Nery é especialista em alguns fundamentos que eu desejo melhorar”, comemorou.

Além dos reforços e dos atletas que permanecem na equipe, o técnico Nery Tambeiro contará com jovens formados nas categorias de base do Clube, seguindo um dos propósitos da diretoria do Minas, que é formar campeões na vida e no esporte. Gustavo Orlando, Lucas, Juninho, Paulo, Arthur, Varela e Kelvi participaram da campanha do vice-campeonato do Fiat/Minas na Superliga 2020/21 e seguem na equipe para a próxima temporada.

Fichas técnicas

Leandro Vissotto
Oposto / 2,12m / 38 anos

Maurício Souza
Central / 2,08m / 32 anos

Everaldo
Levantador / 1,97m / 35 anos

Leozinho
Ponteiro / 1,99m / 26 anos

Matheus Silva
Ponteiro / 1,95m / 24 anos

Confira outras notícias

Apoio

Parceiro