logotipo Melhor do Vôlei
Nacional

Autor Júnior Barbosa Data 25/10/2021 12:11

Fluminense está confiante para a Superliga

Capa da notícia - Fluminense está confiante para a Superliga
Foto: Mailson Santana/FFC
O título não veio, mas o bom desempenho do Fluminense no segundo jogo da final do Estadual feminino de vôlei, na noite desta sexta-feira (22/10), deixou comissão técnica e atletas ainda mais confiantes para a disputa da Superliga. O Tricolor estreia na competição no próximo sábado (30/10), contra o Osasco São Cristóvão Saúde, na casa do adversário.
 
Na segunda partida contra o Sesc RJ Flamengo, o Fluminense mostrou grande evolução em relação ao primeiro confronto. Com bom aproveitamento no saque e no bloqueio, a equipe derrotou o adversário por 3 sets a 1 e acabou superada no golden set, quando não pôde contar com Bruna Moraes, um dos destaques do time, com câimbras na perna direita.
 
"Viemos para esse jogo com uma determinação diferente, com o time um pouco mais focado e taticamente mais organizado. Tivemos momentos muito bons na partida. Sem a Bruna no golden set, perdemos um pouco a referência. É um grupo novo, ainda em formação, mas é só o começo do trabalho. Estou muito satisfeito pela nossa atuação e com nosso grupo. Também temos que elogiar muito a comissão técnica, enaltecer o trabalho que é feito fora da quadra e agradecer às jogadoras por todo empenho e dedicação nesse início de temporada. Tenho certeza que vamos chegar fortes na Superliga", analisou Guilherme Schmitz.
 
"Estivemos muito bem taticamente e fizemos uma boa partida. Não conseguimos manter a intensidade no golden set, mas sabemos o que precisamos melhorar. Demos nosso cartão de visitas e vencemos um time forte, que sempre briga pelo título. Vem muita coisa boa pela frente e vamos surpreender na Superliga", disse a levantadora.
 
Um dos destaques do time na final do Estadual, a líbero Lelê, de apenas 18 anos, aposta em um bom desempenho na Superliga.
 
"Estou feliz pelo grupo, trabalhamos muito para esse jogo. Fomos muito bem, mas a perda da Bruna foi crucial, ela estava super bem, ajudando o time. Temos uma equipe forte, ainda precisamos ajustar alguns detalhes e tenho certeza que a Superliga vai ser boa para gente", finalizou Lelê.

Confira outras notícias

Apoio

Parceiro