logotipo Melhor do Vôlei
Especiais

Autor Júnior Barbosa Data 09/11/2020 07:31

Osasco abre disputa da Superliga diante do Curitiba Vôlei

Tainara é um dos destaques da equipe. (
Foto: João Pires/Fotojump)


Embalado pela conquista do título do Campeonato Paulista, o Osasco São Cristóvão Saúde estreia na Superliga Banco do Brasil 2020/21 nesta segunda-feira (9), a partir das 19h, contra o Curitiba Vôlei. A partida será disputada na capital paranaense e terá transmissão pelo Canal Vôlei Brasil. Antes, às 18h, na Osasco Vôlei TV (https://osascovoleitv.tvnsports.com.br/) a atração será o Abre o Jogo, um programa especial para os amantes da equipe mais tradicional da modalidade no Brasil e contará com participações especiais, como a ponteira Jaque.

Depois da conquista do estadual 2020 e da boa participação no Troféu Super Vôlei, o técnico Luizomar comandou a semana de treinos com foco na competição nacional. “Vai ser uma Superliga diferente, sem a presença de público, mas é muito importante estar em quadra mesmo em um momento em que a luta contra o coronavírus continua. Vai ser um campeonato muito disputado, talvez o mais disputado de todos os anos e confio na nossa equipe. Formamos uma combinação muito interessante entre jogos atletas e estrelas com bastante experiência. Vamos lutar com todas as forças pelo título”, afirma o treinador.

Jaque reforça. “Sabemos que o nosso torcedor nunca vai nos abandonar e nem a distância diminui esse amor. Vamos jogar por eles como sempre jogamos, para honrar a camisa de Osasco. Espero que nossa torcida saiba que conseguimos sentir a energia positiva que eles passam de suas casas, pela TV e pela Internet”, ressalta a ponteira, que completa. “Nesse período de distanciamento, aprendemos a nos comunicar on-line, com lives, treinos ao vivo e webinars, e isso nos deixou próximos. O legal que tudo isso vai continuar na Superliga.”

Em quadra, Luizomar conta com a potência ofensiva de Tandara e Tainara; a eficiência nos bloqueios das centrais Bia e Mayany, a regularidade no fundo de quadra de Jaque e Camila Brait e a habilidade de Roberta na armação das jogadas. Completam o grupo do Osasco São Cristóvão Saúde as ponteiras Gabi Cândido, Sonaly e Ana Medina; a centrais Camila Paracatu e Karyna Malachias; as levantadoras Naiane e Amanda, a líbero Kika e a oposta Karine Schossler.

“Nossa estreia na Superliga será fora de casa e para retornar com uma boa vitória e os três pontos, precisamos entrar em quadra concentradas e manter o foco no plano tático do início ao fim. É sacar bem e ajustar o sistema bloqueio/defesa para aproveitar as oportunidades de contra-ataques. Foi assim que conquistamos o título paulista e é esse o caminho que, acredito, vamos construir rumo à final da maior campeonato de vôlei do Brasil”, garante a oposto Tandara.

Confira outras notícias

Apoio

Parceiro