logotipo Melhor do Vôlei
Especiais

Autor Júnior Barbosa Data 07/10/2020 12:05

Osasco apresenta mais um jovem talento

A ponteira Ana Medina tem 20 anos. (
Foto: Luiz Pires/Fotojump)


O time do Osasco São Cristóvão Saúde montado para a temporada 2020/21 não está apenas renovado. Está mais jovem. A média de idade do atual elenco é de 25,8 anos, contra 27,5 se o grupo anterior fosse mantido. Levando-se em conta apenas as atletas que chegaram, esse número cai para 24,6. Entre as 16 jogadoras atuais, nove têm 25 anos ou menos. “

Osasco sempre teve um DNA formador. Nomes como Tandara, Natália, Camila Brait, Jaque, Dani Lins, entre tantas outras, se desenvolveram aqui no início de suas carreiras. Agora, temos a oportunidade de mesclar juventude e experiência nessa equipe que, tenho certeza, vai trazer muitas alegrias para o nosso torcedor”, declara o técnico Luizomar.

Comprovando esse DNA formador, Osasco agregou mais uma jovem atleta ao elenco. A ponteira Ana Medina tem 20 anos e 1,82 metro de altura. Formada no ADC Bradesco, em Osasco, já defendeu as seleções de base do Brasil. Ela é a quarta atleta sub-21 do clube, que conta com Tainara e Karine, ambas com 20 anos, e Karyna, com 21.

“Nossas jogadoras mais jovens têm grande potencial e vontade de evoluir. Tenho certeza que todas seguirão aproveitando a oportunidade de vestir uma camisa pesada como a nossa e estar ao lado de nomes consagrados do esporte, como Tandara, Jaque, Camila Brait, Bia e Roberta”, completa o treinador, habituado a desenvolver talentos não só em Osasco, mas também nas seleções brasileiras de categorias menores, por quem conquistou o tricampeonato mundial.

Além da recém chegada Ana Medina, de Tainara, Karine e Karyna, a “jovem guarda” do Osasco São Cristóvão Saúde tem Naiane (25 anos), Amanda (22), Kika (24), Mayany (23) e Gabi Cândido (24). Na categoria sub-30 estão Sonaly (27), Roberta (30) e Bia (28). Entre as mais experientes aparecem Camila Brait (31), Tandara (31), Camila Paracatu (32) e Jaque (36).

“Considero essa união de gerações muito importante. Temos verdadeiros ícones da modalidade jogando em altíssimo nível e meninas que estão buscando seu espaço. Juntas, elas têm tudo para jogar um grande voleibol e conquistar títulos”, garante Luizomar.

Em busca do título – Após derrotar o São Paulo/Barueri e garantir a vice-liderança do Campeonato Paulista Feminino de Vôlei 2020,Osasco São Cristóvão Saúde se prepara para a semifinal. A série melhor de duas partidas será contra o mesmo adversário e o primeiro confronto está marcado para sábado (10), às 19h, novamente em Barueri. O segundo jogo do playoff será na terça-feira (13), às 18h45, no José Liberatti. O outro finalista sairá do duelo entre Sesi Bauru e Pinheiros.

Confira outras notícias

Apoio

Parceiro