logotipo Melhor do Vôlei
Nacional

Autor Júnior Barbosa Data 08/12/2021 13:28

Osasco São Cristóvão Saúde faz doação de panetones

Capa da notícia - Osasco São Cristóvão Saúde faz doação de panetones
Foto: OVC/Divulgação
A relação do Osasco São Cristóvão Saúde com o município ultrapassa as fronteiras do esporte. Além do trabalho e dedicação para dar alegria ao torcedor osasquense e fazê-lo sentir orgulho do time e de sua cidade, o clube atua para retribuir o apoio dos cidadãos e da Prefeitura de outras formas. Por exemplo, com a volta de público no ginásio José Liberatti, estimula as pessoas a doar alimentos, já que o ingresso segue grátis. Atletas e comissão técnica também cedem suas imagens para campanhas sociais. Neste final de ano, a equipe se envolveu em uma ação solidária de natal.
 
O Osasco São Cristóvão Saúde se engajou na campanha do Fundo Social de Solidariedade Prefeitura de Osasco e doou 500 panetones que serão distribuídos entre as famílias cadastradas no programa. “Gratidão para meninas e a toda comissão técnica pela doação, com certeza ajudará a muitas famílias da nossa cidade que são cadastradas nos projetos do Fundo Social. Mais uma vez essa equipe maravilhosa, comandada pelo Luizomar, está ao nosso lado”, disse Aline Lins, Primeira-dama e presidente do Fundo Social.
 
O técnico Luizomar resumiu o sentimento de sua equipe. “A relação da nossa equipe com a cidade de Osasco é muito forte. A maior prova está nas arquibancadas cheias e na força que recebemos dos torcedores há décadas. Também contamos com o apoio imprescindível da prefeitura na manutenção desse projeto. Por todo esse carinho e respeito, colaborar nessa campanha tão bonita, capitaneada pela Primeira-dama Aline Lins, é uma alegria e uma necessidade. É uma forma de mostrar que a nossa união, clube e comunidade, extrapola a quadra”, declarou o treinador.
 
Aline Lins fez questão de ir pessoalmente ao ginásio José Liberatti para receber a doação. Luizomar e todas as atletas não somente fizeram a entrega simbólica de um panetone para a Primeira-dama, como carregaram as caixas até o caminhão da prefeitura. “Recebemos tanto dessa cidade, desse povo osasquense, que ajudar passa a ser mais que uma obrigação, mas uma necessidade da nossa parte em retribuir, ainda mais nesse período de festas natalinas”, disse a líbero e capitã do time, Camila Brait.

Confira outras notícias

Apoio

Parceiro