logotipo Melhor do Vôlei
Nacional

Autor Júnior Barbosa Data 08/02/2022 08:52

Osasco volta a duelar contra Barueri pela Superliga

Capa da notícia - Osasco volta a duelar contra Barueri pela Superliga
(Sávio Pereira/ Inovafoto/CBV)
Após o susto com casos de Covid 19, Osasco São Cristóvão Saúde volta à quadra nesta terça-feira (8), pela Superliga Banco do Brasil. Enfrenta o Barueri, a partir das 19h, no ginásio José Correa, casa do adversário e mesmo local da final do Campeonato Paulista, onde a equipe de Luizomar conquistou o título. O Sportv 2 transmite a partida.
 
Será o quinto encontro entre os dois times na temporada. Até agora, após quatro partidas, Osasco tem 100% de aproveitamento, com dois resultados positivos pelo estadual, um pela Copa Brasil e outro no primeiro turno da Superliga. “O retrospecto ajuda a dar confiança e mostrar que estamos no caminho certo, mas o time delas tem muito potencial e não podemos bobear em nenhum momento. É jogar com 100% de intensidade para ganhar”, afirma a oposta Tifanny.
 
Osasco não entrou em quadra na semana para enfrentar o Curitiba Vôlei em função de infecções pelo novo coronavírus. O clube manteve os protocolos de segurança sanitária e testagem para evitar um surto. Controlou a situação e está liberado pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) para lutar por mais uma vitória e sustentar a terceira colocação na classificação geral da competição.
 
Estatísticas individuais – Mesmo fora da última rodada, Osasco segue com três atletas na liderança das estatísticas por fundamento na Superliga 2021/22. A ponteira Carla se mantém na frente entre as sacadoras (23 aces no total e 0.51 ponto por set); a líbero Camila Brait na ponta entre as melhores passadoras, com 80% de eficiência no passe; e Tifanny aparece com a maior média de pontos com 5,48 (tem 241 no total, na terceira posição). Rachael Adams e Fabiana também são destaque. A central norte-americana ocupa a sexta posição entre as atacantes mais eficientes, com 54% de acertos, e a bicampeã olímpica é a sexta bloqueadora mais decisiva, com 39 pontos na base do paredão.

Confira outras notícias

Apoio

Parceiro