logotipo Melhor do Vôlei
Especiais

Autor Redação Data 22/06/2016 14:56

Seleção Masculina Sub-23 estreia no Sul-Americano nesta quarta-feira

Crédito: Divulgação Sada Cruzeiro Crédito: Divulgação Sada Cruzeiro

 

Começou nesta terça-feira, 21/06, o Campeonato Sul-Americano Sub-23, disputado em Cartagena, na Colômbia. E para o Sada Cruzeiro é uma oportunidade de ver seus jovens talentos das categorias de base em ação, defendendo duas diferentes seleções. Clube com o maior número de atletas convocados pela seleção brasileira, o time celeste tem o levantador Fernando Cachopa, os ponteiros Rodriguinho e Leozinho e os centrais Rômulo e Robert vestindo a amarelinha. E além dos cinco, o oposto Juan Moreno, que é colombiano e jogará em casa, é o sexto nome cruzeirense na disputa do torneio.

 

Brasil, Colômbia, Chile, Equador, Peru e Argentina estão na briga pelo título. A estreia da seleção canarinho acontece somente na quarta-feira, 22, às 21h de Brasília, contra o Peru. E o levantador Fernando Cachopa, capitão da equipe, analisou os primeiros adversários da equipe. “A nossa preparação este ano pode não ter sido a ideal, fizemos apenas um amistoso, mas passamos dois meses treinando. Na nossa chave vamos encarar o Peru, que não é um time de muita tradição, e o Chile, que já é uma equipe mais forte, com uma boa geração e vem com um time muito bom. Mas acho que precisamos jogar o nosso melhor o tempo inteiro, até porque são só quatro jogos, é um tiro curto e não tem tempo para vacilar”, avaliou o levantador, valorizando a presença dos companheiros de clube na seleção.

 

“Tem uma galera do Sada Cruzeiro aqui, somos cinco, e isso ajuda muito na questão do entrosamento. A gente já se conhece há mais de três anos e isso facilita muito dentro da quadra, principalmente pra mim, porque fica mais fácil de acertar a bola de todo mundo. E logo que acabar o Sul-Americano, dia 30 a gente já se apresenta no clube em Belo Horizonte e vamos no gás para mais uma temporada”, finalizou Cachopa.

 

Já o colombiano Moreno, atleta da base celeste desde 2014, entra em quadra na noite desta terça, às 21h de Brasília, para enfrentar o Equador. “Jogar este torneio aqui em casa tem uma responsabilidade maior, mas a gente vai com tudo em busca do nosso objetivo, que é jogar o Mundial. Defender nossas cores, a nossa camisa, é muito especial. Nós estamos treinando bem, hoje estreamos contra o Equador e o mais importante é ter atitude. A gente jogou amistosos contra o Brasil na semana passada e já pude enfrentar meus companheiros de time. Tem cinco do Sada Cruzeiro lá e o time deles está muito bom. É muito bacana poder encontrar com eles aqui e tenho certeza de que em algum momento da competição a gente vai se enfrentar, na semifinal ou na final. E será um jogo muito bom, sei que vamos nos matar para ganhar!”, brincou o oposto, lembrando que Brasil e Colômbia estão em chaves diferentes.

 

A fase classificatória acontece entre os dias 21 e 23 de junho e a final será disputada no sábado, 25.

 

Tabela da primeira fase do Sul-Americano sub-23 (horário de Brasília)

 

Terça - 21 de junho

19h Chile x Peru

21h Colômbia x Equador

 

Quarta - 22 de junho

19h Argentina x Equador

21h Peru x Brasil

 

Quinta – 23 de junho

19h Brasil x Chile

21h Colômbia x Argentina

Confira outras notícias

Apoio

Parceiro