logotipo Melhor do Vôlei
Nacional

Data 25/07/2021 22:34

Tóquio: Ponteiras inspiradas e bloqueio eficiente levam Brasil à vitória na estreia

Capa da notícia - Tóquio: Ponteiras inspiradas e bloqueio eficiente levam Brasil à vitória na estreia
Segundo desafio será contra a República Dominicana, na terça-feira (27). (Foto: FIVB)
Por Daniel Rodrigues
 
A Seleção Brasileira de Vôlei Feminino estreou em Tóquio na manhã deste domingo (25). O primeiro desafio das bicampeãs olímpicas foi contra a tradicional Coréia do Sul, da craque Kim Yeon. Com um início tranquilo e bastante confiante, as brasileiras alternaram algumas oscilações durante o embate, mas levaram a melhor por 3 sets a 0 e parciais de 25/10, 25/22 e 25/19.
 
O técnico José Roberto Guimarães iniciou a partida com a mesma escalação que vinha utilizando na Liga das Nações: Macris, Tandara, Fernanda Garay, Gabi, Carol, Carol Gattaz e a líbero Camila Brait. Também foram utilizadas Roberta e Rosamaria, que entraram em um momento bastante delicado do terceiro set, quando o Brasil perdia por 8 a 3, e conseguiram reverter a situação desfavorável, sendo efetivadas no time titular até o enceramento do confronto. A oposto teve participação marcante, com seis acertos em pouco menos de um set.
 
O comandante brasileiro também promoveu a entrada da jovem Ana Cristina para sacar no momento final da disputa.
 
Garay e Gabizinha lideram o ataque, com 17 e 14 pontos, respectivamente. Elas foram seguidas por Tandara, com 10. Entre as asiáticas, a ponteira Kim foi quem mais se destacou, com 12 bolas no chão. Vale destacar a eficiência do bloqueio brasileiro, responsável por 10 pontos (contra somente três da Coréia), e também por impedir que a estrela coreana desempenhasse o seu melhor voleibol.
 
O Brasil volta à quadra na próxima terça-feira (27), às 07h40,  para enfrentar a República Dominicana, enquanto a Coréia do Sul buscará os primeiros pontos na classificação contra a equipe do Quênia.
 

Confira outras notícias

Apoio

Parceiro